MULHER EMPREENDEDORA: COMO SUPERAR OS DESAFIOS E COMEÇAR?

Hoje em dia, mais e mais mulheres decidem criar seu próprio negócio, se tornando uma mulher empreendedora.

No entanto, mesmo que muitas pessoas embarquem na aventura, deve-se dizer que muitas vezes é muito difícil para uma mulher se impor como líder de negócios. A principal razão para isso é que ainda existem várias barreiras e obstáculos que uma mulher deve superar quando se trata de empreendimento, então poucas mulheres chegam ao fim de seu sonho.

No entanto, é claro que as mulheres podem ter sucesso neste desafio, basta ser metódica e saber como se destacar quando se trata de administrar um negócio, e é exatamente isso que vamos ver aqui.

Por que há menos mulheres do que empreendedores do sexo masculino?

Estamos surpresos que haja ainda mais homens do que mulheres empreendedoras? Talvez não. No entanto, em algumas partes do mundo, essa desigualdade é muito mais pronunciada do que em outras. 

A maioria das mulheres empreendedoras diz que quanto mais elas sobem a escada, mais modelos femininos elas podem aspirar. Em um setor dominado por homens, as mulheres nem sempre são tratadas da mesma forma que seus colegas do sexo masculino.

Dicas para gerenciar um negócio de sucesso como mulher empreendedora

Pelo que acabamos de ver, fica claro que é mais difícil para uma mulher começar seu próprio negócio e, especialmente, gerenciar seu negócio.

No entanto, isso não significa que seja impossível, já que muitas mulheres fazem isso muito bem, mas para isso, basta aplicar os métodos certos, incluindo:

1. ACEITAR REJEIÇÕES 

As pessoas podem fazer você se sentir muito pequena quando começa a trabalhar em uma coisa grandiosa, que é o mundo dos negócios, especialmente em um ambiente de negócios dominado por homens. 

Mantenha-se forte e confiante, não deixe que eles façam você duvidar de si mesma. Quando as primeiras tentativas forem rejeitadas, não as leve para o lado pessoal. Procure explicações para essa rejeição, modifique e reenvie seu projeto.

2. PREPARAR SUA MENTE COMO MULHER EMPREENDEDORA

Administrar um negócio é uma tarefa bastante difícil para todos, seja um homem ou uma mulher. Você enfrentará desafios que nunca havia antecipado e terá que se superar mais do que jamais imaginou ser possível. 

Para enfrentar os desafios do seu negócio e equilibrar sua vida e família, você deve cuidar da sua mente, corpo e alma. Isso é essencial quando você está no controle e assume a responsabilidade pela gestão e sucesso da sua empresa.

3. ESCOLHER BEM SUA EQUIPE

Para que a empresa funcione bem e para que a empreendedora concilie trabalho e vida privada, uma equipe forte, eficiente e competente deve estar em vigor. 

É bom elaborar uma lista das características que serão importantes na equipe escolhida. Uma boa equipe deve ter uma boa atitude, uma forte ética de trabalho e uma abordagem flexível para resolver problemas.

Paciência, resistência, perseverança, resiliência e adaptabilidade são elementos cruciais que as mulheres que desejam iniciar seus próprios negócios devem desenvolver e manter ao longo de sua jornada empreendedora.

Como o empreendedorismo feminino está evoluindo?

Apesar do fato de que mais e mais mulheres estão embarcando na aventura empreendedora, elas permanecem sub-representadas.

De fato, apenas 30% das empresas são criadas e administradas por mulheres no Brasil. Esse número muda muito dependendo dos setores de atividade, mas nunca excede 50%.

Exemplo: esse número cai para 9% quando se trata de start-ups digitais. No entanto, mulheres empreendedoras têm sucesso nos negócios, assim como os homens. Assim, 66% ultrapassam o marco fatídico de três anos de atividade de uma empresa. Um valor equivalente ao de empresas criadas e administradas por homens.

Assim, a igualdade de gênero ainda está longe de ser alcançada em todas as áreas do empreendedorismo. O empreendedorismo é um impulsionador essencial da saúde e riqueza de uma sociedade e um motor de crescimento econômico. 

Combinar o empreendedorismo com o potencial de sucesso das mulheres estimula a inovação, promove a produtividade, cria empregos e aborda alguns dos desafios mais importantes da sociedade

Mulheres empreendedoras de sucesso também podem servir como exemplos e modelos relevantes para replicar, incentivando outras mulheres a embarcar em projetos de negócios. O empreendedorismo feminino também é um catalisador para preencher a lacuna de gênero, à medida que mais mulheres entram no mercado global e criam negócios.

Por que as mulheres se tornam empreendedoras?

Há muitas razões pelas quais as mulheres empreendedoras começam. Cada uma encontra seu próprio interesse.

No entanto, algumas tendências importantes estão surgindo. A principal razão pela qual as mulheres decidem se comprometer com as mulheres é promover o equilíbrio entre suas vidas pessoal e profissional. Elas veem isso como uma oportunidade de se organizarem de uma maneira mais flexível.

Elas também querem dar mais sentido às suas vidas e ganhar autonomia, até mesmo liberdade, especialmente do ponto de vista financeiro.

No entanto, é precisamente o aspecto pecuniário e o risco financeiro induzido por uma atividade empreendedora que impede as mulheres em seu impulso empreendedor. Esse medo até supera o medo do desconhecido e o medo do fracasso.

Além disso, muitas empresárias decidiram experimentar a aventura porque querem transformar o mundo ao seu redor. Embora as empresárias enfrentem mais dificuldades do que a maioria das empresárias do sexo masculino, muitas delas são empreendedoras realizadas e são exemplos reais para outras.

Quais são as qualidades necessárias para se tornar uma mulher empreendedora?

Para se comprometer quando você é uma mulher, você deve ter exatamente as mesmas qualidades que um homem. As qualidades de uma empreendedora são as seguintes:

  • se sentir confortável com a tomada de decisões: você deve saber como reagir de acordo e assumir suas escolhas;
  • ser adaptável e versátil para que você possa alcançar todas as áreas do seu negócio;
  • procurar novos desafios;
  • saber como se comunicar interna e externamente.

A única diferença notável entre um homem e uma mulher empreendedora é que a mulher terá que estar pronta para enfrentar os preconceitos de seus interlocutores.

O empreendedorismo no feminino é um desafio igualmente importante quanto o empreendedorismo para um homem. No entanto, uma mulher certamente enfrentará mais dificuldades. Mas também é uma maneira muito eficaz de prosperar profissionalmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.